Não. Apesar de não haver indícios de problemas, pois apenas uma partícula similar ao vírus e não o vírus propriamente dito ser inoculado, ainda não foram testadas em grávidas.